Batayporã - Emenda de R$ 286.500,00 é comemorada pelo vereador João Carlos 

01/06/2021 - Texto e Imagem: Acácio Gomes

dia 0106.JPG

Ao fazer uso da tribuna durante a sessão desta segunda-feira (31), da Câmara Municipal de Batayporã, o vereador João Carlos (Podemos), comemorou a liberação de um recurso no valor de R$ 286.500,00 por parte do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) por meio de uma emenda parlamentar da deputada federal Rose Modesto (PSDB). 

 

Segundo ele, nos próximos dias, deverá ser tratado junto ao Poder Executivo local em que será investida a verba que, provavelmente, poderá ser utilizada para ajudar o município a adquirir um caminhão pipa. Ele agradeceu a atenção especial que a deputada Rose Modesto tem tido para com a população de Batayporã. 

 

Covid-19 

 

Ao fazer uso da palavra, João Carlos também aproveitou a oportunidade para conclamar os moradores do município a colaborarem com a Secretaria de Saúde no que diz respeito às medidas preventivas referentes ao risco de contágio pela Covid-19. 

 

Ele destacou a importância da vacinação, mas reforçou que a principal forma de proteção é o isolamento social. Segundo João Carlos, o número elevado de casos ativos e suspeitos da doença tem deixado a cidade em alerta. 

 

Obras 

 

O vereador também elogiou a equipe de Secretaria de Obras pelos serviços de limpeza e manutenção realizados na entrada da cidade. Segundo ele, os trabalhos deram um novo visual para quem chega em Batayporã pela rodovia MS-134. 

 

Cesp* 

 

Nos últimos dias, João Carlos, ao lado do prefeito Germino Roz (PSDB) e do vice-prefeito, Cacildo Paião (PSD), participou de reunião com equipe técnica da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) - unidade Usina Hidrelétrica Porto Primavera – para debater projetos referentes ao diagnóstico socioambiental participativo realizado pela empresa no município durante o ano passado. 

Na ocasião, foram explanados vários detalhes e apresentadas demandas, como por exemplo, a solicitação de consultoria com o departamento jurídico da companhia para discutir verbas indenizatórias e taxação municipal. 

Em Batayporã, o diagnóstico socioambiental apontou, dentre outros tópicos, o interesse da população por obras de melhorias nas margens do reservatório municipal e do Rio Paraná, fomento às atividades de pesca, piscicultura e incentivo ao turismo. (*Com informações da assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal).